Home / Projeto 365 / Projeto 365 – Dia 80 – O Homem que Ri

Projeto 365 – Dia 80 – O Homem que Ri

O filme “O Homem que Ri” de 2012, é a adaptação do romance de Victor Marie Hugo (L’Homme qui rit de 1869), e conta a história do órfão, Gwynplaine, que tem uma cicatriz no rosto dando a impressão de estar sempre sorrindo. Mesmo que sua história e vida sejam profundamente traumáticas e tristes. A cicatriz esconde a tristeza e o torna místico, misterioso ao ponto de atrair desejos e fantasias até das damas do palácio.

O início do filme apresenta o abandonado menino com o rosto coberto por um véu, carregando uma criança pequena encontrada numa noite de inverno. Ele pede ajuda e abrigo a um senhor chamado Ursus (ninguém menos que Gérard Depardieu). A criança órfã encontrada é uma menina chamada Déa, que é cega, torna-se seu par romântico na trama e, em alguns momentos chega a assemelhar-se ao romance de Romeu e Julieta de Shakespeare.

filme frances

Ao perceberem que a cicatriz no rosto de Gwynplaine, além de chamar a atenção, despertava também a curiosidade das pessoas, decidiram ganhar dinheiro atuando em espetáculos itinerantes apresentando a história de Gwynplaine e Déa. A fama do garoto já crescido acaba o afastando das pessoas que o amam e ele vai parar de forma surpreendente no palácio viver entre a nobreza como príncipe, dividido entreo dilema de aceitar essa nova vida ou retornar aos palcos com Ursus e Déa.

Há quem diga ‘O Homem que Ri’ texto de Victor Hugo ou o filme de 1928, deu fundamental contribuição ao nascimento de um dos maiores vilões de HQs e filmes, o Coringa. Dizem que, a partir dessa obra, houve a inspiração para o surgimento do Coringa (desenhado por Bob Kane a partir de uma carta de baralho trazida pelo arte-finalista Jerry Robinson e uma foto de Conrad Veidt no filme ‘The Man Who Laughs’ trazida pelo roteirista Bill Finger). Daí entendemos que parte da força desse personagem se deve ao fato de possuir o DNA criativo de Victor Hugo.

heath ledger coringa

O mais recente Coringa dos cinemas, interpretado por Heath Ledger é o que mais se aproxima do personagem de Victor Hugo na aparência e impacto. Quem assistir ao filme ‘Batman, o Cavaleiro das Trevas’ e o filme ‘O Homem que Ri’ de 2012, descobrirá ser impossível não associar um personagem ao outro.

Comentários

comentários

About Jessé Odilon

Leave a Reply

Your email address will not be published.