Home / Filmes / Projeto 365 – Dia 253 – O Filme da Minha Vida

Projeto 365 – Dia 253 – O Filme da Minha Vida

Em respeito ao filme e a época em que ele se passa, essa crítica será escrita em um estilo clássico. Redigirei uma carta a um leitor interessado em minhas palavras, esquecendo um pouco de toda essa tecnologia que nos ronda e lembrando da simplicidade de um passado ressente.

Caro leitor,

Selton Mello, o diretor desse filme, é, sem duvida nenhuma, um talentoso artesão. Senti-me muito lisonjeado ao assistir sua visão da obra do autor chileno Antonio Skarmeta. Permita-me colocar abaixo, resumindo em palavras, todo o sentimento que esse filme me proporcionou. Mas antes, vou deixar a sinopse para que você possa conhecer a história.

Sinopse:

O jovem Tony (Johnny Massaro) decide retornar a Remanso, Serra Gaúcha, sua cidade natal. Ao chegar, ele descobre que Nicolas (Vincent Cassel), seu pai, voltou para França alegando sentir falta dos amigos e do país de origem. Tony acaba tornando-se professor, e se vê em meio aos conflitos e inexperiência juvenis.

Opinião:

Como fica claro, o ator Johnny Massaro interpreta um personagem confuso pelas consequências da vida. Se por um lado ele tem as dúvidas normais de um jovem, de outro pesa, ainda mais, o fardo de não entender o porquê do abandono do pai. Tudo isso molda a personalidade do personagem principal, deixando muitas vezes o contexto do filme com um ar mais melodramático. Claro que a vida dele não é só tragédia. O jovem Tony conseguiu se formar na capital, e com isso arranjou um trabalho de professor para conseguir tocar a vida. Inclusive a amorosa.

Rodeando esse personagem, até para entendermos o contexto que ele está inserido, vemos uma cidade da Serra Gaúcha, algo que cria um clima bucólico. Você será coroado com uma fotografia levemente amarelada e uma cenografia que capricha nos detalhes. De câmera antiga a bicicletas com liga metálica, tudo absolutamente bem montado e mostrado, ajudando você a se localizar sobre a época em que se passa a história, mas também auxiliando na ideia e no clima do filme. Realmente o conjunto ângulo de câmeras e cenografia entregam um trabalho bem completo e admirável.

Selton ainda traz mais um elemento de produção para preencher a história de Skarmeta: a trilha sonora. Uma mescla de músicas francesas e clássicos brasileiros são utilizados para dar o tom das emoções do roteiro, amplificando as intensas sensações causadas pelas cenas.

Devo uma explicação. Acima, no início do texto chamei Selton Mello de artesão. Chamei-o assim por conta das adaptações que ele fez no roteiro original e na capacidade criativa para preencher os espaços que o livro original deixa. Selton acrescentou alguns elementos que enriqueceram a história original, deixando-a mais encorpada e e ressaltando ainda mais a delicadeza da obra original.

O humor também é um ponto a ser destacado. Aqui teremos alguns alívios cômicos para ajudar a reduzir o clima pesado da história. Grande parte desse humor fica por conta do personagem interpretado pelo diretor. Algumas frases feitas extraídas do livro e outras da cabeça de Selton; essa parte agrega aos diálogos e deixa o filme com cenas engraçadas o suficiente para aliviar o clima. O único problema também fica neste trecho. Alguns atores mirins são colocados em cena para mostrar o quão inocente pode ser uma criança. Mas rolou uma má vontade de caprichar nessas partes do filme. Destoa bastante da qualidade de todos os outros núcleos da história, mas nada que estrague a trama.

Em resumo, um filme caprichado e delicado, retratando a vida como ela é, imperfeita. Recomendo a você, meu caro leitor. Com toda certeza terá uma grande experiência proporcionada pelo conjunto dessa obra. Ponto para o cinema nacional.

Um grande abraço,

Celso Kretly Bove.

Comentários

comentários

About Celso Bove

Celso Bove Publicitário, Webdesigner, Blogueiro, fotógrafo, amante de todos os tipo de arte, em especial cinema. Fundador do Blackcine.

One comment

  1. Excellent, wһat ɑ webpage it is! Ꭲhis webpage ⲣrovides helpful fаcts t᧐ սѕ,
    kedep it up.

Leave a Reply

Your email address will not be published.