Home / Projeto 365 / Projeto 365 – Dia 135 – Para sempre Alice

Projeto 365 – Dia 135 – Para sempre Alice

A doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência. Não existe cura e leva a pessoa progressivamente até à morte.

O filme “Para sempre Alice” vai tratar desse assunto que há muito vem sendo representado e usado por Hollywoody (recomendo muito Nebraska para quem quiser), alimentando dramas e histórias sempre fortes e intensas. Aqui não será diferente, veremos muita sensibilidade, fidelidade ao tema e muito respeito para com quem tem essa enfermidade.

Dentro dessa temática sempre se destaca aquele artista que representa o portador do Alzheimer. Aqui, Julianne Moore cumpre de forma brilhante o papel. Representando uma cientista que possui uma versão rara da doença, onde atinge pessoas de meia idade, e não só idosos. Alice Howland vai enfrentando sua condição ao mesmo tempo que deve encarar as dificuldades do dia-a-dia — briga entre seus filhos, carreira, e um marido doce, mas que se preocupa em excesso com a carreira.

Alec Baldwin julianne moore

Conforme vão se passando os minutos, o roteiro vai montando pequenas cenas do cotidiano de Alice, apresentando dificuldades que ela e seus familiares vão tendo. Para aquelas pessoas que passaram por isso, me incluo, são cenas de bastante impacto, sempre auxiliado por uma trilha de violinos e pianos agudos, facilmente provocando emoção.

julianne moore Kristen Stewart

A família de Alice exerce o papel de coadjuvante, mas os atores Alec Baldwin, Kate Bosworth e a eterna garota Crepúsculo Kristen Stewart acrescentam demais ao filme, mostrando o quanto essa doença, que de cara é vista como algo individual, pode afetar uma família inteira. Nesse caso ainda mais, já que essa versão rara da doença é hereditária (algo que aumenta ainda mais o drama).

Na parte final, aonde será possível ver o resultado da doença na família e na própria Alice, a agonia toma conta de quem assiste. O trabalho exposto é bem forte, sempre auxiliado por fotografia desfocada e uma ausência quase que completa de maquiagem em Moore. Moore que merece aplausos, esse filme serviu para coroar a carreira dessa atriz que colecionou bons trabalhos mas que não vinha sendo reconhecida com prêmios (venceu Oscar de melhor atriz).

julianne moore oscar 2015

Por fim, temos um roteiro que não apresenta grandes novidades dentro da temática, mas que trata o assunto de maneira sensível e verdadeira, algo que por si só já vale assistir.

Comentários

comentários

About Celso Bove

Celso Bove Publicitário, Webdesigner, Blogueiro, fotógrafo, amante de todos os tipo de arte, em especial cinema. Fundador do Blackcine.

Leave a Reply

Your email address will not be published.